NegócioSem categoria
Tendência

Dia Mundial do Rock

O que o Rock ‘n’ Roll e sua empresa têm em comum?

O que o Rock ‘n’ Roll e sua empresa têm em comum?

É dia de rock, bebê! Se você não comemora este dia, certamente conhece alguém, ou tem aquele amigo “do rock” que comemora essa data icônica. Antes de falarmos de negócios, você já se perguntou como o Dia Mundial do Rock surgiu?

No dia 13 de julho de 1985, aconteceu o chamado Live Aid, realizado principalmente em Londres e na Filadélfia (apesar de contar com alguns shows na Austrália, na Rússia e no Japão também). Foi um festival histórico, idealizado para arrecadar doações para famílias pobres na Etiópia. A produção contou com uma das maiores transmissões em larga escala por satélite e televisão de todos os tempos, resultando em mais de 1,5 bilhão de espectadores.

O festival incluiu alguns dos nomes mais memoráveis do rock:  Sting, U2, Phil Collins, Dire Straits, David Bowie, The Who, Elton John, Paul McCartney, Eric Clapton, Mick Jagger e Bob Dylan. Por ser um momento tão inesquecível para a música, o próprio Phil Collins sugeriu que aquele “devia ser considerado o “dia global do rock”. Em 1987, as rádios rock brasileiras reforçaram a comemoração, mas o curioso é que a gente chama de “dia mundial”, mas a data só é comemorada no Brasil.

Agora que você já sabe a origem deste dia, certamente está se perguntando: e como podemos associar então o Rock aos Negócios? Podemos tirar alguns insights desta analogia.

Se for bom, continuará fazendo sucesso:

Assim como as bandas dos anos 60, 70, 80 que seguem até hoje ativamente no mercado e fazendo sucesso, podemos entender que com qualidade, o sucesso é garantido.

Juntos chegamos mais longe:

As bandas de Rock não seriam bandas sem os músicos realmente qualificados e que fossem capazes de criar tanto ao longo dos anos. Qualquer negócio que deseja ter sucesso, precisa contar com um excelente time.

Seja único:

O que te diferencia dos seus concorrentes? Algumas bandas se destacam pelas diferenças que, de longe, seus acordes são facilmente reconhecidos. Assim deve ser também com os negócios.

Mostre a direção:

A harmonia é essencial para a longevidade. E isso vale para todos – sócios, times de vendas, gestores, colaboradores. O objetivo precisa estar claro, para que todos saibam o seu papel e tenham foco no resultado. Com todos os membros dialogando entre si, propondo soluções e resoluções dos problemas.

Crie um legado:

Os fãs são fundamentais para a escalabilidade do seu negócio. Assim como os fãs fazem uma banda ser grande, os fãs da sua marca fazem a sua empresa perdurar. Eles são os seus melhores clientes, satisfeitos com sua solução, que defendem a marca e a recomendam para outros potenciais clientes.

É preciso inovar:

Assim como no Rock, hits são legais, são hinos. Mas a verdade é que os fãs estão sempre esperando por mais. Um álbum, um clipe, um documentário, um single. Não deixe o seu negócio tornar-se obsoleto.

Gere valor:

Não basta ser uma estrela do rock, é preciso assumir a responsabilidade do sucesso e entender a dimensão desta posição. E para isso, é preciso saber exatamente o que te fez chegar lá. Nos negócios, não seria diferente. Sua empresa precisa gerar valor, fazer a diferença. E você só consegue o sucesso total com uma excelente gestão do seu negócio.

Colha os frutos:

E por fim, negócios são negócios. Entre o vender e o receber, existe o conciliar. Colhe os frutos quem sabe exatamente o que é, o que faz, o que entrega, o que recebe, quanto recebe e qual é o momento certo se expandir.

A Even existe justamente para transformar os dados em informações para o seu negócio perdurar, assim como o bom e velho rock ‘n’ roll.

Fale com a gente e entenda como controlar as vendas realizadas por cartões, apps de delivery e marketplaces em uma só plataforma 100% online.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Posso ajudar? Vamos bater um papo agora mesmo.