Delivery – Como fazer frente à concorrência

Fazer a entrega de produtos, o delivery, é um negócio promissor para quem tem um restaurante, lanchonete, restaurantes e afins. Só que o sucesso de tudo, é claro, depende da precificação do serviço. Aí surgea pergunta: como precificar de maneira ideal? 

Vamos te mostrar os principais fatores para considerar e se destacar nesse ítem na frente da concorrência. Aproveite! 

Como cobrar vendas pelo delivery?

Na hora de definir o preço do seu negócio, o ideal é considerar absolutamente todas as suas despesas e, também, o seu tipo de público. 

É por isso que o plano de negócios para seu restaurante é de suma importância, pois ele traz todos os aspectos do seu estabelecimento. Se você nao teve tempo de fazer, sem problemas. Veja só todos os pontos do seu restaurante para saber de que forma cobrar delivery:

Para quem você vai vender?

O quanto mais você souber sobre os clientes, mais fácil será para definir o valor das comidas e de outras ações, como promoções, ofertas e muito mais. Fazer uma análise do seu público mostra muitos pontos onde atuar. 

Estude os seguintes fatores do seu público-alvo:

  • poder de compra (classe social);
  • o quanto costuma gastar para comer e beber; 
  • tipo de comida preferida; 
  • dias e horários que mais faz pedidos via delivery. 

Análise a sua concorrência

Aquela velha história de “olhar a grama do vizinho” é importante nesse caso, e isso nada mais é do que analisar. Então, antes de definir como cobrar pelo seu delivery, veja qual o preço que outros restauranteS, lanchonetes ou correlatos estão cobrando. O ideal é que você faça uma média dos valores para bater o martelo, precificar o seu serviço e se destacar. Claro que isso depende da sua estratégia. 

Quanto você gasta em todo o serviço?

Outra dica ou etapa para trabalhar o preço do seu delivery é considerar os custos de todas as etapas de produção e entrega das comidas. Sendo assim, você precisa saber o valor dos seguintes gastos:

  • pagamento de funcionários;
  • compra de estoque;
  • preparo dos alimentos;
  • tipo de embalagem usada; 
  • meio de transporte para as entregas. 

Dica de mestre

Muitos donos de estabelecimentos costumam fazer a média de todos esses custos e multiplicar por três. O resultado indica a melhor precificação do delivery. Isso é somente um método para precificar, mas o seu negócio pode ter ourtas variáveis envolvidas para isso como apostar em um produto prime por exemplo, aí essa conta mudar.

Esperamos que tenha gostado dessa dica. Se quiser saber mais e não encontrou aqui pode entrar em contato conosco e pedir qual info precisar, estamos aqui para te ajudar. Ah, aproveito a chance para te lembrar que é preciso ficar de olho nas finanças do seu negócio, se quiser saber como seu dinheiro pode estar “escapando” das mais variadas formas sem que você perceba entra aqui e entenda.

Grande abraço e até próximo post!