4 principais riscos para quem vende em cartão

Na realidade que vivemos vender em cartão deixou de ser uma opção para o empreendedor, o uso desse dinheiro eletrônico, principalmente os cartões também traz alguns riscos que muitas vezes passam despercebidos. Dê uma olhada nos principais.

1. Variação de taxas

Toda transação em cartão está sujeita à taxas, elas podem ser:

  • sobre a venda;
  • pelo uso do equipamento;
  • pela antecipação dos recebimentos;
  • em forma de juros por parcelamentos.

São essas modalidades que sustenta esse mercado.

O problema é que a falta de controle sobre as políticas de precificação das adquirentes, deixa muitos lojistas sujeitos a mudanças repentinas nas cobranças, o que infelizmente é uma prática bem comum do mercado.

Mesmo quando sutil, a variação entre as taxas acordadas inicialmente e os valores sendo aplicados pelas operadoras pode resultar em grandes divergências entre a expectativa de recebimento e o repasse final.

E como é possível prevenir esse tipo de problema?

Ter um contrato claro com sua operadora e ter conhecimento seus termos é fundamental para que você possa brigar pelas variações depois. Mas para identificá-las com antecedência, você precisa ter um fechamento de caixa e conciliação eficientes.

Se no seu caso utiliza as POSs, guarde todos os recibos de todas as transações e lance corretamente no seu sistema para que você saiba o quanto tem para receber, ou então automatize esses processos com uma solução tecnológica.

2. Vendas não capturadas

Antes que o valor de uma transação em cartão chegue até o lojista existe todo um processo interno por parte das operadoras.

Algumas falhas durante o processamento das transações em cartão podem fazer com que mesmo após capturada e autorizada pelo banco, essa venda não apareça no relatório da adquirente e, por consequência, não seja repassada ao estabelecimento.

Isso não é má fé dessas empresas, esses erros acontecem por falha de comunicação nos sistemas. Mas isso acabe de qualquer maneira refletindo nas suas contas. É preciso ter atenção.

Esse tipo de complicação só resultará em prejuízo para estabelecimentos que não tenham métodos eficientes de gestão das vendas e conciliação.

Checar constantemente e comparar os seu registros de vendas é muito importante para identificar esse tipo de erro.

3. Cancelamentos indevidos

Esse também é um problema frequente para quem trabalha com vendas em cartão porque é muito fácil de se aplicar.

E como isso pode acontecer?

  • Um possível funcionário mal-intencionado, junto a um fraudador vai até a loja e realiza uma compra;
  • A venda é aprovada, o recibo é emitido e colocado junto aos outros para controle;
  • Com o cartão utilizado ainda em mãos, o funcionário realiza rapidamente o cancelamento da transação, e descarta comprovante emitido pelo POS;
  • Por fim, o fraudador sai com o produto de uma “venda” que não será processada.

Se você não tem o hábito de conferir os relatórios das maquininhas, ou uma ferramenta automática de gestão online, esse cancelamento indevido só será identificado quando já for tarde demais.

4. Troca de maquininhas

As maquininhas móveis ou POSs são as mais populares do mercado.

O fato dela ser móvel é o que atrai a maioria dos empresários, mas é também o que a torna facil de ser fraudada.

Cada POS é programado para um único recebedor, ou seja, todas as transações são feitas através dela já possuem um destino próprio que está viculado a você.

Esses equipamentos estão constantemente rodando de mão em mão no balcão, por mesas ou até entregadores delivery. E o que acontece se em algum momento o equipamento utilizado para receber suas vendas deixar de ser aquele configurado para sua loja?

Simplesmente ela é trocada.

Por não estar integrada a um sistema de gestão, toda transação ali estará instantaneamente indo para algum lugar que não é a sua conta bancária.

Essa troca pode facilmente ser realizada por um fraudador se aproveitando de um funcionário desatento.

O que devemos concluir com isso?

Facilitar a venda utilizando as maquininhas de cartão é ótimo para o seu negócio, a nossa ideia aqui é alertar sobre os riscos que as vezes não são considerados.

Se você trabalha com maquininhas comuns, os POSs, invista tempo no controle dos recibos, fechamento de caixa e conciliação, essas ações podem evitar grandes prejuízos. Nesse meio só não encontra erros quem não procura.

Existem soluções de conciliação que podem te ajudar nessa missão, visto que dependendo do seu negócio pode ter centenas de trasações.

Esperamos ter ajudado você a melhorar a eficiência do seu negócio cada vez mais!

Se precisa de alguma informação a mais pode nos chamar aqui.